sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Alunos da Ulbra correm risco de não receber diploma

Alunos da 1ª Turma do Curso de Serviço Social da ULBRA em Santarém estão enfrentando um enorme problema, correm o risco de não receber diploma. Vejam que tamanha confusão a ULBRA SANTARÉM, aprontou para os alunos concluintes do curso de serviço social/2010.

A formatura prevista para fevereiro de 2011, corre o risco de ser adiada devido negligência da Instituição que não inscreveu aproximadamente 19 alunos concluintes no Enade/2010, que será realizado no dia 21 de novembro de 2010.

Desde o dia 23 de setembro de 2010, os alunos do último ano do Curso de Serviço Social do Centro Universitário Luterano de Santarém – CEUL/ULBRA andam preocupados, devido terem sido informados pela coordenadora do curso que não foram inscritos para realização do exame. Com isso os alunos correm o risco de não receber o diploma após o término da faculdade, pois a prova é componente obrigatório do currículo dos alunos, e a não realização é fator suficiente para o diploma não ser entregue.

Sabe-se que o prazo de inscrição foi de 30 dias e a coordenação alegou de forma esdrúxula de ter ocorrido problemas no sistema de internet. Entretanto, conforme a legislação pertinente cabia a ULBRA a obrigação e confirmação das inscrições junto ao INEP em tempo hábil, sendo que somente após a divulgação da lista dos inscritos ao ENADE/2010, é que foram perceber que haviam ficado de fora diversos acadêmicos.

Como se sabe as conseqüências são muito gravosas para quem não faz o exame, a começar pela não colação de grau e conseqüentemente a impossibilidade de registro de diploma no MEC, com isso fica comprometida a possibilidade de realizar qualquer concurso público na área de formação e desempenhar suas atividades profissionais.

Estamos tentando adquirir junto a instituição documentos que comprovem sobre essa não inscrição para que possamos tomar as devidas providências, mas a ULBRA não está colaborando para que esse documento chegue até nós, pois precisamos com certa urgência para darmos entrada no processo judicial para que pelo menos sejamos isentos de fazer o Enade, até porque a culpa não foi nossa, é obrigação da Instituição em fazer a inscrição dos alunos.

Esta é uma denúncia que precisa ser publicada para que a sociedade e as autoridades tomem conhecimento e possam responsabilizar a ULBRA/SANTARÉM a responder por sua negligência.

As providências jurídicas estão sendo estudadas e serão tomadas no âmbito legal, oportunamente.

Os alunos prejudicados esperam apoio da imprensa no sentido de fazer publicar esta notícia.

Fonte: Fátima Castro/Acadêmica do Curso de Serviço Social da ULBRA- 8º semestre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário